31 de maio de 2017

Prioridade?!

"Com a entrada em vigor da nova lei que incide sobre o atendimento prioritário, a obrigatoriedade de ceder o lugar a pessoas com deficiência ou incapacidade, pessoas idosas, grávidas e pessoas acompanhadas de crianças de colo aplica-se a todas as caixas de pagamento." 


Entende-se como crianças de colo, todas as crianças até aos 2 anos, inclusive e não como uma funcionária me chegou a informar que desde que que andasse sozinha já não tinha prioridade. Já no caso dos idosos, todos que tenham 65 ou mais anos estão englobados nesta lei.
Vamos analisar, é óbvio que facilita, pois todos temos que fazer compras, e uma pessoa sem qualquer tipo de problema, por mais que tenha pressa pode sem sacrifício (físico ou psicológico) aguardar mais 3 minutos, o problema instaura-se quando notamos que por exemplo, 6 pessoas na fila têm prioridade por lei, é que na minha zona habitacional o que não falta são pessoas com mais de 65 anos, que apesar da idade ainda estão bem para andar nas suas voltinhas sem restrição.
Fonte
Há algumas lacunas nesta lei, pois se formos ao médico, compras, onde quer que seja, por lei, teremos que ceder (sempre que pretendam usufruir da mesma) sempre que tenham pessoas com crianças até aos 2 anos, idosos, grávidas (mesmo que sejam de 4 meses, nunca saberemos se estão a aproveitar ou a ter uma gravidez complicada, como já falei aqui, há quem se aproveite da situação) e nisto desistimos do que vamos fazer, ou desesperamos para que nos atendam. Aguardar tipo 5 a 6 horas por uma consulta, por exemplo.

No entanto, a realidade é bem diferente.... ou porque quem está na fila ignora ou porque quem tem prioridade não está com disposição para chatices. O que é certo é que muitas vezes não se repara que há uma grávida na fila, ou uma idoso de 65 anos. Podemos deixar passar quando temos um avio por pagar e a pessoa atrás tem dois produtos, mas por consciência. Podemos reclamar, com a sistema comercial e não com quem está abrangido, afinal de contas quem não aproveitava para usufruir do que tem direito?? O pior é quando nos sentimos estúpidos, com as atitudes ignorantes por parte de quem está atrás do balcão, onde não nos cedem prioridade, como se não houvesse uma lei que é do conhecimento de todos.

Pessoalmente, o sistema que o hipermercado Continente tinha, de caixa exclusiva com campainha e aparecerem rapidamente quando solicitado era mais eficaz e simples, nesta área. O problema é conseguirem aparecer rapidamente, mas isso é outra história.



Fonte




2 comentários:

  1. É um assunto que dá pano para mangas!!!
    Já assisti a situações bastante desagradáveis, tanto para quem deveria dar prioridade, como para quem se aproveita para passar à frente!!!
    Enfim!!!
    BJS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a falta de respeito... por muitos se aproveitarem é que gera desagrado quando se dá prioridade.
      Bjinhs

      Eliminar