1 de abril de 2016

Tarte Folhada de Frutas by Uma Pitada de Noz Moscada

Hoje trago uma sobremesa digna da estação, que grita pelo bom tempo que se faz sentir. Quem não adora sobremesas com fruta? São absolutamente fantásticas! A Tarte folhada de frutas que trouxe do blog Uma Pitada de Noz Moscada. Esta é feita com creme pasteleiro, porém também há a opção de colocarem chatilly ou um pouco dos dois para os mais gulosos. As frutas ficam à vossa disposição, pois cada um tem as suas preferências. 

Tem um ar delicioso, não tem?

Visitem o blog e facebook de Uma Pitada de Noz Moscada


Tarte Folhada de Frutas com Creme de Pasteleiro










Para a base e cobertura:

1 Base redonda de massa folhada
Fruta a gosto fatiada (neste caso as frutas eleitas foram morangos e kiwi)
Napage* para pincelar

Creme de Pasteleiro:


1 Ovo inteiro
2 Gemas
2,5dl Leite
40g de Farinha de trigo
75g de Açúcar
0,5 colher de chá de Aroma de baunilha

PREPARAÇÃO:  

Pré-aqueça o forno a 200º.
Coloque a massa folhada sobre uma tarteira, sem retirar o papel vegetal.
Pique a base e leve ao forno até dourar.
A meio do tempo, quando verificar que a base está insuflada, use uma faca para dar uns golpes no centro e na junção com as laterais, de maneira a que o ar se liberte e a base assente. Desta forma é desnecessário usar a técnica dos feijões e a massa fica mais bem folhada.

Quando a massa folhada estiver douradinha, retire do forno e deixe arrefecer.
Enquanto isso faça o creme de pasteleiro.

Coloque ao lume, para ferver, 2 dl de leite. Reserve o restante.
Numa taça junte o ovo inteiro e as duas gemas, a farinha e o açúcar. Bata bem à mão com vara de arames.
Junte o leite restante (meio decilitro).
Junte o leite que ferveu em fio a este preparado, sempre mexendo energicamente para que o calor não coza os ovos.
Coloque esta mistura no tacho em que ferveu o leite e leve de novo a lume médio, sempre mexendo, até o creme engrossar bem. Convém ficar bem grossinho. Finalmente, já fora do lume, envolva o aroma de baunilha e deixe arrefecer.

Coloque a base folhada num prato de servir - retirando o papel vegetal - e verta nela o creme de pasteleiro. Espalhe e alise. Deixe esfriar antes de colocar a fruta.

Decore com fruta fatiada e pincele com Napage* para dar brilho.
Leve ao frigorífico até ficar bem fresca.


Nota:

 Napage é uma espécie de brilho que confere um aspecto mais bonito às tartes. Costumo usar da Vahiné, à venda em qualquer hípermercado. 



6 comentários:

  1. Uau! Que delicia de tarte, sobrou um bocadinho?
    Beijinhos
    http://aalbicastrense.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Que apresentação magnífica :D

    ResponderEliminar
  3. A minha sobremesa preferida!!
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar