2 de março de 2016

Amamentar em público, qual o problema?


O tema de hoje tem tanto de natural, quanto de polémico,vou partilhar convosco a minha opinião sobre a amamentação em público.

Sempre disse que não queria amamentar em público, por causa dos olhares incómodos. Ironia do destino, o primeiro local público que amamentei foi precisamente na minha casa. Sim, a minha casa no momento em que mais precisava de descanso, sossego e paz tornou-se um local público para os familiares mais próximos (até começar a colocar os pontos nos "is"), as visitas demoravam horas, às vezes vinham em grupo para fazerem refeições, deixando-me à beira de um ataque de nervos, com a agitação o bebé ficava irrequieto e só acalmava com mama. Ainda a recuperar dos pontos, com mobilidade reduzida ia para o quarto iam lá ter enquanto estava a amamentar, então comecei a dar amamentar na sala, à frente de todos, afinal estava na minha própria casa. Ainda me disseram, com todo o descaramento, para me tapar porque os homens da família estavam a chegar. Eu nem respondi, se o tivesse feito seria para colocar a porta da rua à disposição. A partir desse momento, ignorei tudo o que me diziam, quando era para amamentar, era apenas para isso, podia continuar a conversar com o meu marido, mantinha contacto visual com o bebé, se tivesse mais alguém paciência, a rotina da família era aquela, os "intrusos" ou respeitavam ou não entravam.
Já em público, lembro-me da primeira ida ao pediatra, este atrasar-se e tinha que alimentá-lo, ainda fiz o que todas fazem, tapar a cabeça à criança, mas não resultou, para nenhum dos dois. Primeiro porque ele estava ali "abafado", segundo por não haver contacto visual. Retirei a fralda de pano, e todos da sala de espera ficaram iguais, como se nada se passasse, ainda esboçaram sorrisos quando terminou de comer. Assim, com esta naturalidade, amamentei em hospitais, centros comerciais...e mais alguns, e nunca senti desconforto, até porque também havia muitas crianças e bebés, espalhando assim a solidariedade das mães, que entendem bem a situação.

Lembro-me  de uma situação que levou a uma discussão sobre o assunto. Em Lisboa, num café, o meu filho já era maior, em conversa entre amigos, comecei a dar mama, o rapaz foi apanhado de surpresa e questionou o facto de estar a amamentar em público e de ser proibido no Brasil. Lançou-se ali um mini-debate de opiniões, onde ninguém estava contra. Ainda me chamaram doida por ter parado de amamentar (foi apenas por ele estar saciado), uma senhora com uma bebé desabafou que gostava imenso de ter conseguido amamentar e não conseguiu. Ali diferentes pessoas, de faixas etárias diferentes, homens e mulheres defenderam que a amamentação é nada mais que alimentar os nossos filhos e por isso não é constrangedora e não deve ser tratada como uma ofensa pública.



http://www.conexaolusofona.org/lei-brasieira-multa-quem-proibir-mae-de-amamentar-em-publico/
Hoje antes de começar este desabafo convosco, falei com uma amiga brasileira e residente no Brasil questionando-a sobre o assunto, ela disse que não é proibido por lei lá (contrariando muitas noticias) porém há muito preconceito. Os mais conservadores afirmam que amamentar em público ou não tapar a criança e o seio é um acto constrangedor para quem está presenciando a situação. Já os mais liberais defendem que é um exagero e não há problema algum em alimentar a criança em público.


A questão aqui é, o bom senso. Amamentar em público sim, mas se a criança já terminou vamos voltar a guardar a mama, certo? Penso, que é mais um tema com grande drama sem justificação para tal.
Incomoda ver uma mulher amamentar o seu filho, porquê? Porque razão as mães têm que se esconder nas casas de banho públicas para alimentar os seus filhos ? (sim, isto acontece)
Expliquem qual o mal da situação, porque realmente eu não vejo nenhum!
http://s2.glbimg.com/qV7IB3KUuZ9XACzvg7ZzKi9-lrA=/smart/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2016/01/06/campanha-equinox-de-amamentacao.jpg

Só traz vantagens para a saúde da criança, é um acto de amor e um simples momento de alimentação.
Se vêm algo de mal nisso, estão a precisar de um choque com a realidade....

Vejamos, vivemos numa época onde as mulheres desfilam pelas ruas semi-nuas, presenteiam-nos em topless e reduzidas cuecas fio-dentais, vimos ainda o mês passado no Carnaval no Brasil e Portugal, por exemplo, dançarem apenas de cuecas cobertas de pinturas, nas redes sociais também fotografias dessas situações, é a amamentação em público é que causa constrangimento? 



Qual é a vossa opinião sobre o assunto? Sente-se constrangidos quando vêm um bebé a alimentar-se? Já amamentaram em público?
Partilhem comigo as vossas opiniões e experiências vividas. 



Deixo-vos com um video irónico, que gostei bastante.

Nessy




2 comentários:

  1. Post interessantíssimo . Gostei imenso
    Beijinho
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Quando começo a escrever o problema é parar. Como encaro o tema com a naturalidade que realmente é, choca-me haver pudor por amamentar os nossos filhos em público.
      ***

      Eliminar